Blog
Máquinas para Panificação em Macapá


8 tendências em panificação

O mercado europeu foi um dos destaques do primeiro painel do XX Congresso Internacional do Trigo, que acontece de 20 a 22 de outubro, na Ilha de Comandatuba (BA). Com a palavra, o secretário geral da Union Internationale de la Boulangerie, o espanhol José Maria F. del Vallado de la Serna, lamentou a queda da produção artesanal de pães na Europa, ocasionada pela oferta de pães industrializados em grandes redes de supermercados, e enumerou oito tendências da panificação, que devem ganhar o mundo em breve:

1. Inovação: pães feitos com sementes e grãos, pães com maior diversidade de cereais, com o formato de sempre, mas com novos aspectos e ingredientes.

2. Globalização: cada vez mais, os países devem trocar experiências “boas e ruins” e compartilhar descobertas no sentido de melhorar o mercado global. A iniciativa de estabelecer o Dia Mundial do Pão, em 16 de outubro, foi uma das ações elogiadas pelo secretário.

3. Atração: a imagem do produto, do ponto de venda e até mesmo do padeiro, devem ser cada vez mais atraentes para o consumidor. Na Europa, há uma forte campanha publicitária para resgatar o prestígio da profissão de padeiro e atrair jovens para o ofício, a exemplo do que aconteceu com os chefs de cozinha.

4. Diferenciação: a exemplo dos vinhos, os pães tendem a ter identificação de origem e controle de qualidade, agregando valor ao produto.

5. Profissionalização: a formação será mais e mais valorizada, tornando o mercado mais competitivo e “dignificando” a profissão do padeiro.

6 Aprofundamento: com mais escolas e centros de capacitação, o mercado da panificação ficará cada vez mais preparado e internacionalizado.

7 Saúde: a preocupação com a saudabilidade, com alimentos mais nutritivos, só deve aumentar, ao passo que a química e os aditivos, no setor de panificação, só devem diminuir.

8. Proteção ao consumidor: mais leis, mais direitos, mais informação. O consumidor é a estrela do setor, que só vai ganhar em qualidade.